Regras Nine Ball Bola 9

Artigo 1º – O jogo

Na categoria “Bola 9”:

As jogadas não precisarão ser cantadas;

a bola de menor valor numérico em jogo será sempre considerada como a bola da vez;salvo em uma “tacada livre” (abordada em artigo próprio), a tacada do jogador em ação sempre deverá visar primeiramente a bola da vez em jogo; são desconsideradas as quantidades de toques da branca em tabelas, usados para obter desvios e depois atingir o objetivo;são consideradas encaçapadas as bolas convertidas por “carambola” (“telefone”), quando em jogada considerada válida.Para ser considerada válida, uma tacada:exceto em uma “tacada livre”, a tacadeira deverá atingir primeiramente a bola da vez, podendo usar desvios em tabelas para essa finalidade;encaçapar o mínimo de uma bola numerada; ou,exceto na saída de partida, fazer com que o mínimo de uma bola toque ao menos uma tabela qualquer, podendo ser a tacadeira, após atingir a bola visada. Para atender a alínea “c” anterior, será desconsiderada a tabela eventualmente usada para obter desvio da tacadeira, para depois atingir a bola visada, bem como a tabela em que porventura a bola visada estava colada.Para desenvolver o jogo serão usadas 10 bolas, sendo:uma branca, identificada como tacadeira; e,9 coloridas com números de 1 a 9, identificadas como numeradas.Vencerá a partida o jogador que primeiro encaçapar licitamente a bola 9, a qualquer tempo e/ou momento de jogo.A qualquer momento, inclusive na saída, se a bola 9 for encaçapada e na mesma jogada não for cometida qualquer falta, estará caracterizado o encerramento da partida com a vitória do jogador em ação.Salvo após encerramento de partida, ao encaçapar bola licitamente, a tacada continuará como direito e obrigação do jogador em ação.Jogar sem encaçapar bola ou cometendo falta determina o encerramento da ação na tacada, que passará ao adversário.Durante o jogo, ao adquirir o direito da tacada o jogador:jogará em continuidade normal, a partir das posições resultantes; ou,se o jogador anterior cometeu falta, poderá optar por jogar com a bola branca “livre na mão”.Ao jogar com a branca “livre na mão”, após qualquer falta do adversário, o jogador beneficiado poderá posicionar a tacadeira em qualquer ponto da mesa, exceto “colada” à bola visada.Uma falta não punida será desconsiderada após ser praticada a jogada imediatamente seguinte à ocorrência original, de qualquer dos jogadores.A partida estará iniciada no momento em que a bola branca cruza a linha superior, impulsionada por um toque da sola do taco.

Artigo 2º – A saída de partida

Usando um gabarito apropriado, as bolas numeradas serão agrupadas sobre o campo de jogo em compacto formato de “diamante”, com: todas as bolas “coladas” umas nas outras;a bola 9 no centro das demais; a bola 1 (um) no vértice e sobre a marca inferior;as demais bolas em posições aleatórias, no espaço entre a marca inferior e a tabela inferior. O vencedor de sorteio ou avaliação terá o direito da saída e poderá passá-la ao adversário, que não poderá recusá-la. As saídas seguintes serão alternadas ou respeitarão sequência previamente acordada. A saída será praticada com a bola branca após a linha superior e, para ser válida:a bola da vez (número 1) deverá ser obrigatória e primeiramente atingida; e,o mínimo de uma bola deverá ser encaçapada; ou, no mínimo 4 bolas quaisquer deverão tocar qualquer das tabelas, podendo uma delas ser a branca. Caracterizará falta o jogador que sai e não atinge um dos objetivos do inciso “3” anterior. As bolas numeradas encaçapadas na tacada de saída, sem faltas, serão consideradas válidas e não retornarão ao jogo. Se uma ou mais bolas numeradas forem encaçapadas em tacada que simultaneamente pratique falta, as numeradas permanecerão fora do jogo e o jogador ativo perde a vez na tacada.Se a bola 9 for encaçapada na jogada de saída:sem falta; estará caracterizado o encerramento da partida com vitória do jogador em ação; com falta; a bola 9 voltará ao jogo, na marca inferior. Se a bola branca for convertida na tacada de saída, voltará ao jogo na situação de “livre na mão” para o adversário. Se não for cometida falta, na sua tacada imediatamente seguinte à de saída, o adversário do atleta que saiu poderá jogar praticando uma “tacada livre”, que deverá ser previamente cantada, regulamentada em artigo específico.

Artigo 3º – Faltas na saída de partida

Será falta na saída: lançar qualquer bola para fora da mesa; converter a bola branca; cometer outros atos assim enquadrados. Ao cometer qualquer falta na tacada de saída, as bolas numeradas eventualmente encaçapadas permanecerão fora do jogo, com exceção da bola 9 que volta à marca inferior; e,o adversário terá a opção de:aceitar o jogo como está e dar continuidade normal; ou, usar a branca “livre na mão” para a sua jogada. Se a bola branca for convertida na tacada de saída com falta, voltará ao jogo na situação de “livre na mão”, para o adversário.

Artigo 4º – Tacada livre (“Push out”)

Consiste em poder direcionar a bola branca para qualquer posição da mesa, usando um toque da sola do taco, podendo visar e atingir qualquer outra bola em jogo e/ou desobrigado de cantar e/ou tocar em qualquer bola ou tabela. É jogada opcional e será obrigatoriamente cantada antecipadamente. Só pode ser praticada pelo atleta que joga imediatamente em seguida a tacada de saída, sem que nela tenha sido cometido falta.Se não cantada previamente será considerada como jogada normal e não como tacada livre.Exceto a bola 9, que determina o encerramento da partida, as bolas numeradas eventualmente encaçapadas em tacada livre serão consideradas válidas e permanecerão fora do jogo. Imediatamente após uma tacada livre, o adversário poderá: jogar em continuidade normal a partir das posições resultantes; ou, passar a tacada ao adversário. A tacada livre não será permitida se qualquer falta for cometida na saída, nesse caso prevalecendo as regras pertinentes às faltas.

Artigo 5º – Bola “livre na mão”

Após qualquer falta, ou em circunstâncias que assim o permita, jogar com a bola branca “livre na mão” significa que o beneficiado poderá posicioná-la em qualquer ponto sobre o campo de jogo para praticar a sua tacada. O jogador beneficiado com a bola branca “livre na mão” não poderá posicioná-la “colada” à bola visada.

Artigo 6º – Bolas lançadas fora do campo de jogo

Exceto a bola 9, qualquer bola lançada para fora do campo de jogo caracteriza falta e não retornará ao jogo. Lançar a bola 9 para fora do campo de jogo caracteriza falta e esta retornará ao jogo na marca inferior.

Artigo 7º – Faltas

Serão consideradas faltas: não atingir um dos objetivos obrigatórios nas saídas;não atingir um dos objetivos obrigatórios para validar a tacada;lançar bolas para fora do campo de jogo;exceto quando praticando o “massê”, fazer com que a tacadeira salte sobre qualquer bola; tocar em qualquer bola de qualquer forma que não seja com um toque lícito da sola do taco; salvo na tacada livre, atingir primeiramente qualquer bola que não seja a da vez; Não será considerado falta a tacadeira pular sobre outra bola, por salto originado em jogada de “massê”, com o contato e pressão da sola do taco praticados “por cima” da bola branca. Na ocorrência de mais de uma falta simultaneamente, só será considerada a de maior gravidade e/ou penalidade.

Artigo 8º – Falta continuada

Uma falta continuada será caracterizada por cometer 3 (três) faltas sequenciais. Praticar uma falta continuada caracteriza a perda da partida.O jogador na eminência de ser penalizado com uma falta continuada será alertado desse fato após praticar a segunda falta continuada e antes da tacada seguinte.

Artigo 9º – Opções pós falta

Após qualquer falta: o adversário jogará em continuidade normal a partir das posições resultantes; ou,requisitará a bola branca para ser jogada a partir de posição “livre na mão”. Exceto a bola 9, que retorna ao jogo na marca inferior, as bolas eventualmente encaçapadas em uma falta permanecem fora do jogo.

Artigo 10 – Encerramento de partida

A partida estará encerrada quando: a qualquer momento for encaçapada licitamente a bola 9, com a vitória do jogador em ação; um dos jogadores der a partida como vencida; um dos jogadores for penalizado com a desclassificação.